NOTÍCIAS

EDUCAÇÃO E SAÚDE SÃO PRIORIDADES, APONTA PESQUISA DA ONU!

   

    Melhor educação e melhor saúde são as duas grandes prioridades para os cidadãos do mundo, segundo uma grande pesquisa que a ONU está realizando e da qual já participaram quase um milhão e meio de pessoas. A pesquisa, de uma magnitude histórica e cujos resultados parciais foram publicados, no último dia 20, tem como objetivo apresentar a opinião dos cidadãos para a elaboração da agenda de desenvolvimento global pós-2015 e usá-lo como uma base suficientemente ampla.

    Até agora, mais de 1,4 milhão de pessoas responderam ao simples questionário, no qual cada participante deve marcar os seis fatores que mais melhorariam sua vida e a de sua família dentro de uma lista de 16. 

   Segundo os resultados apresentados, a educação é a principal prioridade para a maior parte do mundo, ocupando o número um em todas as regiões geográficas e para todos os grupos de idade, com exceção dos maiores de 55 anos, que apontam por um melhor acesso à saúde. Essa prioridade é a segunda para a maior parte dos indagados, que situam em terceiro lugar as oportunidades de emprego.

    No caso da Espanha, onde foram indagadas mais de 11 mil pessoas, a educação ocupa o primeiro lugar, enquanto a segunda prioridade é dispor de um "Governo honesto e receptivo". Esse fator figura entre os mais importantes nos países mais desenvolvidos do mundo, enquanto cai ao quarto posto nos menos desenvolvidos.
Na América Latina, vários países assinalam como uma das principais prioridades uma melhor proteção contra o crime e a violência, um fator que ocupa só o sétimo lugar no cômputo de todo o mundo. No entanto, esta é a segunda maior prioridade para peruanos, equatorianos, venezuelanos, guatemaltecos e hondurenhos, e a terceira para outros como mexicanos e costarriquenhos.

    A pesquisa seguirá aberta até 2015, quando devem ser fixados os novos objetivos de desenvolvimento das Nações Unidas.
Fonte: Revista Época on line

(IPAE 142 - 10/14)

TESTEMUNHAS NO CONTRATO DE MATRÍCULA

   

    As escolas particulares devem celebrar contratos de prestação de serviços educacionais com os alunos ou seus responsáveis, quando os mesmos são menores de 18 anos.

    A legislação brasileira exige que para validade dos contratos deve haver sempre a presença de duas testemunhas, também maiores de idade.
    As testemunhas devem assinar as duas vias do contrato, não podendo ser diferentes as pessoas na primeira e na última via, sob pena de nulidade do instrumento.

(IPAE 142 - 10/14)

LINKS RÁPIDOS

Endereço: Rua Doutor George Arroxelas, nº 05, Qd. F, Conjunto Samambaia, Barro Duro - Maceió - AL / Cep: 57045-045

 

E-mail: ancteccursos@gmail.com

 

Telefone: (82) 3021-1924 / (82) 98767-3015  / (82) 98898-0067

© 2019 por KD InfoDesign - Todos os direitos reservados

  • Branca Ícone Instagram
  • Facebook
Visitantes: